Follow by Email

Translate

18 de novembro de 2009

OS BARCOS...




Os barcos estiveram, estão, sempre presentes na minha paisagem... Como já disse vivi numa casa em frente à ria com praia privativa e tudo. Bateiras, barcos moliceiros, e alguns botes de recreio estavam ancorados à frente de casa. A apanha de moliço era uma actividade com bastante visibilidade e era um suplemento à economia de algumas famílias vizinhas. Apanhar caranguejos, fazer canas-de-pesca-que-não-pescavam, tomar cinco banhos por dia..., eram algumas das brincadeiras na ria das manas e do amigo e vizinho Eduardinho. Uma vez começámos a fazer barcos de papel, e com o entusiasmo fomos fazendo mais e mais e depois de três dias a fazer barcos-de-papel-de-vários-tamanhos, e de jornal, revista, papel craft, cartolina, fizemos uma regata na ria e foi um sucesso!... Os carros parados com as pessoas fora dos carros, fizeram fila até à ponte... Apesar de não haver telemóveis com câmaras, havia algumas máquinas fotográficas. Infelizmente nós não temos qualquer registo..., apenas a nossa viva memória...

Sem comentários: