Follow by Email

Translate

10 de fevereiro de 2013

ALMOST (Alice)... (17)

parede improvisada - na entrada de casa - não para para tapar buracos mas para aproveitar os pregos existentes. a estes pequenos quadros - elefantes pintados à mão sobre seda que comprei num antiquário em Delhi, pratinho Japonês e fotografia de Luís Cravo juntei ontem esta máscara muito naïf  que comprei numa papelaria antiga aqui na minha rua e que está com uma montra com máscaras  também antigas (monos) com saldo de 40%.

1 comentário:

C-ASA disse...

gosto de tudo. gosto especialmente da máscara, como imaginarias. fascinam-me as possibilidades de mudar de rosto, aprecio patetices, acho-as sinceras, por isso, visto-as. essa máscara na tua parede não fica pateta, fica poema. aí é que todas as coisas magicamente, se aproximam.